06/02/2015

A melhor e mais triste animação: "Cemitério de Vagalumes"

Olá prismáticos, como vocês estão? Eu estou fazendo uma pesquisa de público do blog, será que vocês podem me ajudar respondendo a enquete? Eu agradeço muito se puderem :) Responda a pesquisa de público clicando aqui <3

Há algumas postagens atrás, eu havia falado um pouco a respeito de um filme chamado "Cemitério de Vagalumes", e hoje, eu finalmente estou trazendo uma postagem sobre ele. É uma espécie de resenha, ou só um texto mesmo para contar para vocês um pouquinho do que eu acho de "Cemitério de Vagalumes", o motivo de eu o considerar a melhor e mais triste animação que eu já assisti (e isso que eu sou uma apaixonada por animações) além do que há de tão incrível nele.

Eu queria pedir aos leitores de prismática, que mesmo não sendo fãs de animação oriental, dessem uma lida neste post. Este filme é completamente diferente das demais animações japonesas no que diz respeito ao seu enredo: ele fala do drama, da tragédia e sobre a dura realidade de famílias que foram destruídas pela guerra, e além de tudo nos faz pensar sobre nossos próprios valores.

Espero que aproveitem a leitura. (人´∀`).☆.。.:*・


Hotaru no Haka
火垂るの墓
Cemitério de Vagalumes 
Gênero: Drama, Tragédia, Histórico, Slice of Life.
Direção: Isao Takahata.
Roteiro: Toru Hara.
Estúdio: Studio Ghibli.
Ano: 1988.
Duração: 93 minutos.
Em plena Segunda Guerra Mundial, no Japão, vivem os dois irmãos Seita e Setsuko. O pai deles é da marinha, e é convocado para defender o país, e tendo que conviver com os inesperados ataques típicos de uma guerra, os irmãos perdem a mãe e a casa num bombardeiro de aviões norte-americanos. A partir daí, o filme mostra a luta pela sobrevivência num país que está totalmente arrasado pela guerra. Pobreza, miséria, fome, doenças, além da falta de generosidade e sensibilidade dos demais com relação à complicada situação das duas crianças fazem parte deste todo, Hotaru no Haka, o Cemitério de Vagalumes, um dos mais bonitos e comoventes filmes sobre as tragédias da guerra.


O clássico, Hotaru no Haka, do famoso Studio Ghibli, foi criado em 1988 pelo diretor Isao Takahata e foi baseado num livro semi-autobiográfico de Akiyuki Nosoka, um sobrevivente da Segunda Guerra Mundial. Akiyuki perdeu a irmã durante o conflito, devido a falta de alimentos. Amargurado pela culpa, por acreditar que sobreviveu às custas da morte da irmã, escreveu o livro como uma espécie de pagamento por seus pecados, além de como um tributo à memória de sua irmã e demais familiares.


Quando assisti ao filme pela primeira vez, eu estava com meus pais e meus irmãos e todos se emocionaram.

Muito além de um clássico, e uma excelente animação adulta, o filme é como um "tapa na cara" de muitos de nós. Quando se discute a guerra e em filmes a respeito do assunto, é muito comum vermos sempre o "bonzinho/herói" e o "vilão". Nós temos esta mania de precisar classificar como bom ou ruim, no entanto, quando assistimos o Cemitério de Vagalumes, percebemos que esta classificação é sem sentido.



Há um parágrafo muito bom da resenha do blog "Além do Oscar" a respeito do filme: "Em um país que sofre com a guerra, não há decisão correta ou errada. Há, sim, terror para a população, que não escolheu estar ali. Eles não enxergam o inimigo ou o aliado. Torcem apenas pelo ser-humano e vivem em agonia esperando que aquilo se acabe. Seja do jeito bom ou não. Mas que seja rápido o fim."


No filme, quando Seita se vê sozinho com a sua irmã mais nova Satsuko, ele precisa agir para sobreviverem. Mas como sobreviver quando tudo ao seu redor está à ruir e o som das bombas explodindo passa a se tornar tão comum quanto um cão latindo na sua vizinhança?


Há uma frase no filme, dita pela pequena Satsuko de apenas quatro anos que gostava de apanhar vagalumes com o seu irmão para iluminar e tentar alegrar suas noites: "Por que os vagalumes têm de morrer tão depressa?". Esta frase dá todo o sentido ao nome do filme, "Cemitério de Vagalumes", onde as crianças são como os vagalumes: embora brilhem tanto, sejam tão graciosas e sorridentes, mesmo em momentos difíceis como em uma guerra, elas acabaram morrendo cedo demais.


A terrível situação de miséria que é retratada no filme nos assusta, e faz pensar. Não devemos esperar por um final feliz, afinal: não há um final feliz em um cenário de guerra - é impossível. Mas vale a pena ser assistido, para se conhecer as verdades de uma grande guerra, a sua face não-heroica e trágica, para você pensar realmente sobre seus valores e crenças, e nunca mais se esquecer.




Eu ainda tenho uma tag para responder e acho que farei isso nos próximos dias, espero que tenham gostado do post de hoje, e não se esqueçam de comentar, ok? Ah, e de participar da pesquisa de público, rs' 

Até a próxima prismáticos!

12 comentários:

  1. Vou responder a pesquisa agora mesmo, pode deixar!
    Mds, eu fiquei muito curiosa sobre esse filme, será que tem online? Eu preciso ver agora! ç33ç
    Adorei o post, de coração ♥ juro de mindinho que adorei *u*

    Beijos, vou procurar sobre o filme,
    Quando Flores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que tem online siiiim <3 veja mesmo, ele é triste mas vale muito a pena, te faz refletir bastante e valorizar o que você tem.
      Beijos, obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Yoo Emy-san!! Beleza??
    Eu já respondi lá as perguntinhas >.< Mas pena que não dá para marcar mais de um ;---;
    MDS! Essa animação deve ser muito boa. Eu ainda não assisti, mas vou procurar agora para ver. Provavelmente a animação para entre o conflito dos EUA onde eles lançaram o Little Boy e o Fat Man em Hiroshima e Nagasaki não é? Realmente deve ter sido horrível viver naquele tempo...
    AMEI sua resenha! Cativou-me muito. Mas sinto pena do autor por ter perdido a irmã no conflito...
    Kissus~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Oi Narumi-san!!
      Obrigada por participar da enquete *-*
      Eles não falam muito a respeito das bombas atômicas nem nada sabe, na verdade, eles mostram mais como a guerra refletiu na vida das pessoas de lá, e mesmo quando a guerra acabou, ainda tinham muitas pessoas morrendo. Vale muito a pena ver :)
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá!
    Gente, que filme triste... Esse me passou batido, mas vou assistir porque ao Studio Ghibli e por causa da sua postagem. Espero não chorar muito... Guerra sempre me faz chorar ;-;
    Vou responder sua pesquisa!
    Abraços~

    ~ Nankin Dust

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se você vai conseguir não chorar muito :x é muito comovente a história. Depois que ver me diga o que achou :)
      Obrigada por responder a pesquisar <3
      Abraços!

      Excluir
  4. Oi oi!
    Parece bem interessante, será que eu encontro no MFHD?
    Ah, aceito a afiliação sim viu flor? Já te coloquei na elite, me coloque na sua.

    Equalizando - [visite, baby]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que você encontra sim :))
      Awn, obrigada por aceitar <3 colocarei você aqui também
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá Amy! Bom, se é uma animação do Studio Ghibli é certo que o filme é ótimo! Tô com uma meta aqui de assistir todos os filmes deles, e esse com certeza será conferido por mim assim que eu puder <3 Parece ser bem emocionante, do jeito que eu gosto.

    Beijinhos ♥
    www.allunar.tk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fiz essa de tentar ver todos os filmes deles, ainda não vi uns 3 que não achei online e nem pra baixar </3
      Beijos, obrigada pela visita!

      Excluir
  6. Nossa, deve ser um filme muito lindo mesmo! É tão triste pensar que agora mesmo tantas guerras acontecendo, tantas pessoas inocentes morrendo e tantas pessoas inocentes matando. Sendo que no fim a maior partes dessas guerras é questão de politica e interesses.

    Jeh-chan
    ~Uma Geek Descolada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, são questões de interesses somente e que são capazes de destruir vidas inocentes, é muito triste.
      Obrigada por comentar <3
      Beijos

      Excluir

Não seja tímido(a)! Deixe seu comentário!! Nada deixa uma blogueira mais feliz do que ver que as pessoas gostam de seu blog.

• Seja coerente em seu comentário e nada de ofensas!
• Criticas e sugestões são sempre bem vindas.
• Deixe o link do seu blog no fim do comentário para que eu possa retribuir a visita.

Obrigada por ter visitado e comentado ♡